Outdoor Painel Rodoviário Campanhas Contato
  Área de Atuação Locais Disponíveis Cartazes Exibidos Fale Conosco
  Tabela de Preços   Pacotes Comerciais Localização
  Relação de locais   Utilidade Pública (19 ) 3896-1524
           

     

Circuito das Águas Paulista
Circuito das Flores
Grande São Paulo
Litoral Norte 
 
     

     



Amparo





Região:Circuito das Águas Paulista
Cidade
:Amparo

Dados:
População:70.280 habitantes
Área: 445.323 KM²
Gentílico: Amparense

Indicadores:
IDH(2010): 0,785
PIB per Capita(2012): R$ 34.996,93

Fonte: IBGE / 2015


  Amparo é um dos 11 municípios paulistas considerados estâncias hidrominerais pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual.

Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional.

Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Hidromineral, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

A região limite entre São Paulo e Minas no sertão do Retiro do Camanducaia, junto à serra da Mantiqueira, começou a atrair, no início do século XIX, os primeiros povoadores oriundos de Bragança, Atibaia e Nazaré. Os pioneiros, Manoel Miranda Antunes e João Bueno, abriram caminho aos demais que, por volta de 1824, construíram às margens do rio Camanducaia, uma capela em louvor à Nossa Senhora do Amparo, elevada a curato em 1829.

Em 1857, Amparo, já distrito, apresentava suas terras bastante subdivididas, tendo o registro paroquial apontado 321 propriedades de reduzidas proporções, na sua maioria. Seus proprietários dedicavam-se ao plantio de feijão, milho, arroz, algodão e criação de suínos, para abastecimento da cidade de São Paulo.

Nessa época, a cultura de café teve grande impulso, chegando a produzir quantidade superior a um milhão de arrobas. Em 1875, foi inaugurada a Estrada de Ferro Mogiana que contribuiu para o desenvolvimento da região.
Com a abolição da escravatura, em 1889, começaram a chegar os imigrantes, que organizaram a colônia agrícola e, através deles a implantação de indústrias, quando o café perdeu sua predominância.

Em 25 de outubro de 1945 foi decretada a Estância Hidromineral de Amparo.